De Olho Nos PlanMobs

Desde o lançamento da Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei 12.587/2012), o prazo para elaboração e entrega dos Planos de Mobilidade Urbana – obrigatório aos municípios com mais de 20 mil habitantes – foi adiado duas vezes, sendo atualmente 12 de abril de 2019, atrasando os avanços e melhorias que precisamos para as cidades terem uma mobilidade urbana melhor e mais sustentável.

Afim de garantir, novamente, que o prazo seja cumprido, a campanha De Olho Nos PlanMobs, realizada com o apoio de mais de 40 organizações renomadas no tema de mobilidade urbana no Brasil, tem acompanhado o andamento dos PlanMobs nos principais municípios brasileiros.

Site: www.deolhonosplanmobs.org

Iniciativa: Bicicleta nos Planos 

Realização: Bike Anjo, UCB, Itaú

Apoio: Instituto Clima e Sociedade

Consulta Pública Censo 2020

Carta enviadaMobilidade Urbana no Censo 2020

Em 2020 o IBGE realizará o Censo Demográfico brasileiro. O objetivo é delinear um retrato da população do país e de suas características socioeconômicas, e com isso ter uma base sobre a qual desenvolver planejamento público e privado da próxima década – incluindo na área de mobilidade urbana.

Com o intuito de captar e analisar as demandas dos usuários, o IBGE iniciou em fevereiro de 2018 uma consulta pública que permitia a participação dos de todos os cidadãos no planejamento e na definição do conteúdo e da metodologia do censo demográfico 2020.

A Cidadeapé conduziu a ação para elaboração de uma carta, e junto com organizações ligadas à mobilidade urbana, aproveitou a oportunidade para sugerir mudanças no que se refere à frota de veículos da população, cujos dados têm o potencial de aperfeiçoar os estudos de planejamento, mobilidade urbana e emissão de poluentes na próxima década, favorecendo todas as cidades do país a buscar cenários de desenvolvimento mais sustentáveis. A carta abaixo foi protocolada no Rio de Janeiro em 7/5/2018.

Promotor: Cidadeapé

MobCidades

O objetivo do projeto é contribuir para a implementação de políticas públicas transparentes e efetivas nas cidades brasileiras, por meio do aumento das capacidades das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) mobilizadas na metodologia Orçamento e Direitos, elaborada pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc). O foco do projeto é a transparência, o combate à corrupção e ações de incidência em políticas públicas de mobilidade urbana.

O Projeto MobCidades é desenvolvido em 10 cidades brasileiras: Belo Horizonte, Brasília, Ilhabela, Ilhéus, João Pessoa, Piracicaba, Recife, Rio de Janeiro, São Luís e São Paulo. Cada cidade tem um movimento social como ponto focal que mobilizou outros quatro movimentos/coletivos/organizações para participar do projeto. No total, mais de 80 Organizações da Sociedade Civil (OSCs) de 27 localidades estão envolvidas no MobCidades.

Sitehttp://redecidades.org.br/mobcidades/

Facebook@MobCidades

RealizaçãoInstituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) e a Rede Cidades por territórios justos, democráticos e sustentáveis.

Apoio: União Europeia