O que está acontecendo na Câmara Temática de Mobilidade a Pé

Por Mauro Calliari, conselheiro da Cidadeapé.

Você sabia que existe um órgão chamado “Câmara Temática de Mobilidade a Pé“? Pois é, existe, e é um lugar onde membros da Secretaria Municipal de Transportes (SMT) e da CET discutem com a sociedade civil (nós!) sobre como melhorar a caminhablidade em São Paulo.

Ontem [6/2/2020] teve uma reunião em que, a nosso pedido, foram apresentadas pelo Luan Chaves, da SMT, as ações que estão acontecendo nesse último ano de mandato da gestão municipal. Selecionei algumas:

Reforma de calçadas. Começaram as reformas das 32 subprefeituras. São 1,5 milhões de metros quadrados de requalificação de calçadas. Dá para ver por aí, na Consolação, por exemplo, as pilhas de entulho dos lugares onde está sendo feita a troca do piso.

Ampliação das áreas das calçadas nos cruzamentos. Existe um plano super importante para ampliar as calçadas em mais de 100 cruzamentos de São Paulo. Luiza Gomide é a responsável pelo projeto, que está saindo a toque de caixa.

Áreas calmas. A prefeitura selecionou alguns pontos em São Paulo para melhorar a vida do pedestres em áreas de fluxo, principalmente ao redor de algumas escolas. Pena que o número de de locais ainda seja pequeno mas vamos acompanhar para ver se isso não pode ser escalável, provavelmente só na próxima gestão.

Aumento do tempo do semáforo de pedestres. Esse assunto ficou para ser apresentado na próxima reunião, mas é bem importante. Uma das principais reclamações de pedestres é quanto ao tempo reduzido para atravessar, além do enorme tempo de espera.

Novos calçadões do Centro. Estamos esperando notícias mas tudo indica que a promessa de começar a reforma do calçadão do centro não vai ser cumprida. Uma das fotos aqui mostra como anda o trecho mais recente do calçadão do centro, na 7 de abril, só para ver como isso é necessário.

Mortes no trânsito. Apesar do número total de mortes ter caído em 2019, morreram mais pedestres do que no ano anterior.

Infelizmente, a prefeitura ainda não tem um diagnóstico sobre o que aconteceu mas suponho que isso tem a ver com a irregularidade com que o tema foi tratado desde o início da gestão (alguém lembra do ‘acelera’?). No ano passado a prefeitura lançou o programa Vida Segura que gerou muita expectativa mas cujas as principais ações vão ficar para esse ano é por isso que vale a pena garantir que saiam antes das eleições.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.