Presença do Brasil no III Congresso Peatonal

No início de maio aconteceu 3o Congresso Peatonal na Cidade do México. Organizado pela Liga Peatonal mexicana, é o maior evento de pedestres da América Latina.

O Brasil foi muito bem representado pela Cidadeapé, SampaPé, Corrida Amiga e, é claro, o nosso Super-Ando!

Segundo os relatos de Ana Carolina Nunes, os movimentos pela mobilidade a pé brasileiros estão bem prestigiados por lá. Assim como outros movimentos latino-americanos. Por isso discutiu-se a criação de uma Liga Peatonal Latino-americana. O objetivo é nos fortalecer enquanto movimentos pela mobilidade a pé, trocar experiências e, principalmente, trabalhar em conjunto. A Liga Peatonal do México vem acumulando ótimas experiências com essa comunhão de coletivos e organizações, e inclusive a fórmula aqui no Brasil. O mapeamento Como Anda está dando os primeiros passos nesse sentido, ao identificar as iniciativas relacionadas à mobilidade a pé em todo o país.

Por que é tão importante esse pacto latino-americano? A partir das discussões do Congresso, ficou muito claro que os problemas das cidades da América Latina são muito comuns: alta segregação espacial, crescimento desordenado, desenvolvimento urbano centrado no automóvel, violência no trânsito, falta de acessibilidade. Além dos aspectos sociais, como a violência contra a mulher no espaço público, a desigualdade social, a falta de infraestrutura de saneamento e a insegurança pública. Por isso mesmo, as soluções para cidades mais humanas não podem ser simplesmente importadas da Holanda ou da Dinamarca: devem considerar nossos contextos sociais, nossa diversidade e, principalmente, ser protagonizadas pela América Latina. E nós da sociedade civil temos papel primordial nisso.

Durante o Congresso, nossos representantes participaram de oficinas sobre pintura de faixas cidadãs, auditoria cidadãs de segurança viária e acessibilidade. Ficou evidente que os vários movimentos têm acumulado muita expertise e dados (inclusive nós) e está na hora de intercambiar isso tudo!

A primeira ação da Liga Peatonal Latino-americana é preparar um documento a ser apresentado na Conferência da ONU “Habitat 3”, sobre Habitação e Desenvolvimento Urbano Sustentável, que acontecerá em Quito, no Equador, de 17 a 20 de outubro de 2016. O “Manifesto for Walkable Cities – The city we desire and deserve” que se pretende encaminhar tem como objetivo emplacar a preocupação com a prioridade ao pedestre no documento-base na Conferência.

Outro documento que se pretende divulgar é a Carta de los Derechos del Peatón, uma versão mais universal da Carta Mexicana de los Derechos del Peatón. Ainda está em espanhol mas pretendemos traduzir para português e usar aqui como ferramenta de sensibilização.

Por enquanto é isso. Quem quiser participar mais ativamente dessa interface Latino-americana, é só falar conosco.

Depoimentos

 

Um comentário sobre “Presença do Brasil no III Congresso Peatonal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s